III Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica

porCIPERJ

III Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica

CURSO PRÉ-JORNADA

Tiveram início as atividades científicas da III Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica. Nesta quinta-feira, dia 12, ocorreu o curso pré-jornada que abordou videocirurgia pediátrica.

A Drª Simone Simões fez a abertura do evento agradecendo a presença de todos e explicando um pouco do que seria abordado ao longo do dia. Sem mais delongas, ela apresentou o Dr. Elias Couto que fez uma exposição sobre os princípios gerais da videocirurgia: organização e conceitos gerais; boas práticas com equipamentos e instrumentais e acessos abdominais e conceitos seguros sobre punções.

Após um breve intervalo para o café, foi realizada oficina de instrumentais e equipamentos, onde os participantes puderam conhecer mais sobre os materiais utilizados em videocirurgias.

Depois do almoço, teve início a parte prática do curso onde os participantes trabalharam em simuladores fazendo nós, suturas e anastomoses.

CONFIRA AS FOTOS

DIA 13

Teve início nesta sexta-feira, dia 13, a III Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica. Setenta e nove pessoas estiveram presentes ao auditório da Casa de Saúde São José neste 1º dia de atividades, que contou com o Dr. Kleber Moreira Anderson, presidente da CIPERJ, dando às boas vindas aos presentes e agradecendo o apoio dos associados se inscrevendo e participando do evento, assim como dos patrocinadores, da Casa de Saúde São José e da comissão organizadora da jornada.

Em seguida, ele deu a palavra ao Dr. André Cunha, presidente de conferência, que apresentou o primeiro palestrante do dia: o Dr. Adrian Bianchi, da Inglaterra, que falou sobre Estado da arte da Gastrosquise. Na sequência, a Dra. Stella Sabbatini abordou A experiência do Instituto Fernandes Figueira em redução à beira do leito, que teve como presidente de conferência o Dr. Paulo Tavares. Após uma breve pausa para o café, Dr. Kleber Anderson pediu desculpas mas o Dr. Jofre Amaral teve uma emergência e não pode comparecer ao evento. Assim, ele chamou Dr. Irnak Barbosa para coordenar a mesa-redonda sobre Enterecolite Necrotizante e Síndrome do Intestino Curto, que contou com a Dra. Karla Pinto como secretária de mesa e teve palestras sobre: Conduta agressiva e conservadora na Enterecolite Necrotizante (Dr. Adrian Bianchi), Reabilitação intestinal. Tratamento clínico (Drª Maria Carolina) e Opções cirúrgicas no tratamento do intestino curto (Dr. Adrian Bianchi).

Depois do almoço, houve uma pequena mudança na programação. As duas mesas-redondas da tarde, Tomada de decisões em Urologia Pediátrica e casos clínicos complexos em Urologia Pediátrica, foram mescladas, com a Dra. Patricia Ferraz sendo a coordenadora e os Drs. Kleber Anderson, Samuel Dekermacher, Lisieux Eyer de Jesus e Francisco Reed os debatedores. A mesa contou com palestras sobre Desafios na Estenose de JUP, Resultados tardios do tratamento endoscópico do Refluxo Vesicoureteral, Ureterocele ectópica: há consenso no tratamento?, com o Dr. Francisco Reed, e casos clínicos apresentados pela Dra. Lisieux Eyer de Jesus, Dra. Raquel Lameira Bernardo, Dra. Patrícia Ferraz e Dr. Marcelo Holanda.

CONFIRA AS FOTOS

DIA 14

Chegou ao fim neste sábado, dia 14, a III Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica. Foram dois dias que levaram 89 pessoas ao auditório da Casa de Saúde São José, no Humaitá. A diretoria da Associação de Cirurgia Pediátrica do Estado do Rio de Janeiro (CIPERJ) e a comissão organizadora agradecem a presença de todos associados que prestigiaram a jornada e dos patrocinadores e da Casa de Saúde São José que deram apoio para a realização do evento.

O sábado teve início com o Dr. Kleber Anderson, presidente da CIPERJ, dando às boas-vindas aos presentes e chamando a Dra. Danielle Forny para coordenar a mesa-redonda sobre Distúrbio de deglutição do neuropata: novos paradigmas, que teve secretariado da Dra. Déborah Nunes Chagas e palestras abordando: Investigação de Distúrbios de Deglutição: papel do fonoaudiólogo (Drª Anatalia Jatobá)Avaliação radiológica do paciente encefalopata com indicação de gastrostomia (Drª Claudia Penna); Quando indicar fundoplicatura? (Dra. Danielle Forny); e Gastrostomia endoscópica (Drª Paula Peruzzi Elia).

Após um intervalo para o café a Dra. Lisieux Eyer de Jesus, vice-presidente da CIPERJ, coordenou a 2ª mesa-redonda do dia que tratou de Dissociação esôfago-gástrica e teve apresentações do Dr. Adrian Bianchi, Experiência Cirúrgica, e do Dr. Cláudio Oiticica, Experiência videolaparoscópica.

Finalizando as atividades da manhã, o Dr. Carlos Augusto Carvalho ministrou conferência sobre o Projeto Acerto em Cirurgia Pediátrica, cuja presidência ficou a cargo da Dra. Raquel Lameira Bernardo da Paz.

Depois do almoço teve início a mesa-redonda sobre Estado atual da Videolaparoscopia no Rio de Janeiro: o que é feito?. Os Drs. Luciano Guimarães, Carlos Eduardo Junqueira, André Cunha, Marco Daiha e Vinicius Pinto falaram um pouco sobre casos e técnicas realizadas nos seus serviços de Cirurgia Pediátrica. A mesa teve coordenação da Dra. Gladys Caussin e foi secretariada pelo Dr. Douglas Caetano.

Em seguida, foi a vez dos residentes de Cirurgia Pediátrica apresentarem casos clínicos. Realizaram palestras o Dr. Francisco Milanesi (IFF), Dra. Alana Bandeira (HFSE), Dr. Jéferson Tobias (IPPMG) e a Dra. Thiara Gallini (Hospital Federal da Lagoa) e a mesa-redonda teve coordenação da Dra. Danielle Forny e foi secretariada pela Dra. Simone Simões.

Finalizando as atividades científicas, os acadêmicos de Medicina da Liga de Pediatria e Cirurgia Pediátrica da Uni-Rio mostraram o que aprenderam ao longo do ano com as atividades em parceria com a CIPERJ. A mesa-redonda teve coordenação da Dra. Ana Teresa e contou com o Dr. Gilberto Amaral como secretário. Já as palestras ficaram a cargo das alunas Anna Letícia Araújo, Sarah Teixeira, Deborah Araújo, Mariana Zandoná e Luciana Mello.

Na Assembleia Geral Extraordinária ficou decidido que não haverá alteração no estatuto.

Ano que vem tem mais. Em breve informações sobre a IV Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica.

CONFIRA AS FOTOS

 

Sobre o Autor

CIPERJ administrator

Desde sua criação, a CIPERJ tem como principal objetivo unir a classe no Estado do Rio de Janeiro, lutando por seus direitos e, principalmente, por condições de trabalho ideais. Além disso, a entidade é responsável pela atualização de seus associados. Para isso, realiza reuniões científicas e divulga cursos e eventos que sejam importantes para o desenvolvimento do profissional.