Saiba como foi o 2º dia da V Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica

porCIPERJ

Saiba como foi o 2º dia da V Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica

O 2º dia de atividades científicas da V Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica teve início com o Dr. Marco Daiha, tesoureiro da CIPERJ, dando às boas-vindas aos presentes e convidando a Dra. Gladys Caussin para presidir a conferência sobre Videocirurgia: Como organizar o material de uso habitual para cirurgia pediátrica e neonatal? , que foi ministrada pelo Dr. Francisco Nicanor Macedo.

Na sequência, ocorreu mesa-redonda abordando Hispospádias Distais, que foi moderada pelo Dr. Samuel Dekermacher, contou com os Drs. Marcelo Braz e Domingos Bica como debatedores e teve palestras com o Dr. João Luiz Pippi-Salle (Hipospádias distais: TIP: dicas que funcionam), e a Dra. Lisieux Eyer de Jesus (Hipospádias distais: quando complica, o que complica e porquê).

Após o intervalo para o café, mais uma mesa-redonda, agora sobre Urgências Neonatais, que foi moderada pelo Dr. Marcos Turcatel e contou com palestras da Dra. Rachel Fernandes (Onfalocele: Fechamento, Abello, silo protético, tratamento conservador: quando e como), a Dra. Vilani Kremer (Acesso venoso neonatal: PICC, punção e dissecção: técnicas, materiais e limites), o Dr. Francisco Nicanor Macedo.

Depois do almoço, residentes de Cirurgia Pediátrica do Hospital Federal dos Servidores do Estado (HFSE), do Hospital Federal da Lagoa (HFL), do Instituto Fernandes Figueira (IFF), do Hospital Estadual da Criança/Hospital Universitário Gaffreé e Guinle (HUGG), do Instituto de Puericultura e Pediatria Martagão Gesteira (IPPMG) e acadêmicos da Liga de Cirurgia Pediátrica apresentaram casos clínicos que foram debatidos pelos Drs. Douglas Caetano, Marco Daiha, Vinicius Pinto e a Dra. Karla Pinto. A mesa foi moderada pela Dra. Deborah Nunes Chagas.

Depois do intervalo para o café, ocorreu a mesa-redonda sobre
Tumores na infância , moderada pelo Dr. Fernando Werneck, e que contou com apresentações sobre Fluxo de atendimento de pacientes oncológicos pediátricos. Os problemas do diagnóstico até o tratamento no Rio de Janeiro, com a Dra. Simone Coelho, Desafios e conquistas em oncologia pediátrica, com a Dra. Sima Ferman, e Tumores de células germinativas, com a Dra. Vilani Kremer.

Finalizando as atividades científicas do dia, o Dr. João Luiz Pippi-Salle fez conferência sobre Pênis embutido.

E o momento mais emotivo do dia foi a homenagem realizada pela CIPERJ para seu ex-presidente, o Dr. Kleber Moreira Anderson, pelos serviços prestado à Cirurgia Pediátrica e à associação.

VEJA AS FOTOS

Sobre o Autor

CIPERJ administrator

Desde sua criação, a CIPERJ tem como principal objetivo unir a classe no Estado do Rio de Janeiro, lutando por seus direitos e, principalmente, por condições de trabalho ideais. Além disso, a entidade é responsável pela atualização de seus associados. Para isso, realiza reuniões científicas e divulga cursos e eventos que sejam importantes para o desenvolvimento do profissional.