Saiba como foi o último dia da V Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica

porCIPERJ

Saiba como foi o último dia da V Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica

E chegou ao fim a 5ª edição da Jornada Carioca de Cirurgia Pediátrica. Ao longo dos três dias de evento, realizado no centro de treinamento Édson Bueno, 155 pessoas passaram pelo local e acompanharam conferências e mesas-redondas que abordaram problemas urológicos, oncológicos, neonatais e muitos outros temas.

Neste sábado, dia 8, Dra. Patrícia Ferraz deu início as atividades científicas presidente conferência sobre Fatores que induzem criatividade em cirurgia. Uma perspectiva pessoal, ministrada pelo Dr. João Luiz Pippi-Salle. Em seguida, Dr. Francisco Nicanor Macedo moderou mesa-redonda sobre hipospádias proximais, que contou com o Dr. Domingos Bica como debatedor e palestras sobre Hipospádias proximais: alternativas , com o Dr. João Luiz Pippi-Salle, e Hipospádias proximais: como fica o adulto? , com o Dr. André Cavalcanti, seguido de debate.

Após um intervalo para o café, foi a vez do Dr. Kleber Anderson moderar mesa-redonda sobre Nós na foto: como anda a cirurgia pediátrica no Brasil e no mundo? , que contou com apresentações do Dr. João Luiz Pippi-Salle (Urologia pediátrica: integrada, área de atuação ou sub-especialidade com dupla entrada? O que o futuro vai trazer? Como é fora do Brasil? ), e da Dra. Maria do Socorro, presidente da CIPE (CIPE: como funciona e como pretende avançar).

Em seguida, houve palestra do Dr. Edward Esteves sobre Transposição esofágica e de Lymark Kamaroff (O que o médico precisa saber para prevenir processos).

Após o almoço, o Dr. Marco Daiha moderou mesa-redonda que abordou
novidades em cirurgia pediátrica , que contou com palestras da Dra. Tatiana Fazecas (US transperineal: mais um (bom) recurso), do Dr. André Bradley (De quem é o feto doente? Como organizar um serviço de Medicina Fetal?) e da Dra. Bianca Guedes (Urorressonância funcional).

Depois de um intervalo para o café, Dr. Paulo Tavares moderou mesa-redonda sobre Dilemas de todo dia, que contou com apresentações sobre Traqueostomias ou desconexão laringo-traqueal? (Dr. Sylvio Ávilla), Postectomia clássica ou plastbell (Dra. Betina Bertrand), Derrames pleurais infecciosos: drenar, usar fibrinolíticos ou toilette pleural toracoscópica? (Dr. André Cunha), Invaginação Intestinal: dilemas de nossa realidade. Análise de resultados (Dr. Bruno Albuquerque), Apendicite: quando operar? Uma reflexão atual. (Dra. Ana Teresa Oliveira).

Finalizando a jornada, o Dr. João Luiz Pippi-Salle fez conferência sobre
Genitoplastia feminilizante: como estamos no momento, que foi moderada pelo Dr. Samuel Dekermacher.

CONFIRA AS FOTOS

Sobre o Autor

CIPERJ administrator

Desde sua criação, a CIPERJ tem como principal objetivo unir a classe no Estado do Rio de Janeiro, lutando por seus direitos e, principalmente, por condições de trabalho ideais. Além disso, a entidade é responsável pela atualização de seus associados. Para isso, realiza reuniões científicas e divulga cursos e eventos que sejam importantes para o desenvolvimento do profissional.