ARTIGO: Hipertensão em crianças e adolescentes

porCIPERJ

ARTIGO: Hipertensão em crianças e adolescentes

fonte: Folha de SP

por Julio Abramczyk, médico

A hipertensão na infância e na adolescência está associada ao aumento de peso também nesta faixa etária, mostra estudo publicado no Jama Pediatrics deste mês.

Yajie Zhu, P. Song e colaboradores do Centro de Pesquisas de Saúde Global da Universidade de Edimburgo, Reino Unido, elaboraram uma revisão e meta-análise da prevalência global da hipertensão infantil e da adolescência, de 1994 a 2018.

Os autores destacam a importância de avaliar a relação entre a prevalência da hipertensão nessas faixas etárias e o sobrepeso e a obesidade.

Os pesquisadores encontraram alta prevalência de hipertensão em crianças e adolescentes obesos (15,27%) e com sobrepeso (4,99%) em comparação com 1,9% de prevalência em crianças e jovens com peso normal.

As evidências epidemiológicas sugerem que o aumento da pressão arterial em crianças e adolescentes está associado à hipertensão essencial (aumento da pressão arterial de causa não identificada) e suas repercussões no sistema cardiovascular na idade adulta, segundo os autores.

Por outro lado, como refere o professor Stephen R. Daniels no editorial do Jama Pediatrics, os dados que serviram de base para o estudo de Zhu e Song indicam que a hipertensão é relativamente comum em crianças e adolescentes e sugerem que os pediatras poderão diagnosticar esse problema na rotina das consultas clínicas e adotar as medidas adequadas quando necessárias.

Sobre o Autor

CIPERJ administrator

Desde sua criação, a CIPERJ tem como principal objetivo unir a classe no Estado do Rio de Janeiro, lutando por seus direitos e, principalmente, por condições de trabalho ideais. Além disso, a entidade é responsável pela atualização de seus associados. Para isso, realiza reuniões científicas e divulga cursos e eventos que sejam importantes para o desenvolvimento do profissional.