Nota técnica: desabastecimento no SUS 3

porCIPERJ

Nota técnica: desabastecimento no SUS 3

Rio de Janeiro, 6 de dezembro de 2019.

Corroborando e comprovando a veracidade das duas notas técnicas emitidas pela CIPERJ em novembro e dezembro de 2019, com relação às dificuldades de trabalho no Rio de Janeiro, que somam atrasos em pagamentos de salários, excesso de demanda de trabalho e falta de insumos básicos, a unidade de emergência do hospital Albert Schweitzer fechou as portas para o atendimento ontem. Trata-se da única unidade de referência para cirurgia pediátrica emergencial no município do Rio de Janeiro. Os cirurgiões pediátricos lotados nesta unidade trabalham há dois meses sem pagamento de salários (os salários de outubro e novembro não haviam sido pagos até ontem).

A CIPERJ considera essencial que estes problemas sejam resolvidos e que a população, incluídos aqui os agentes de controle público, esteja ciente. É necessário registrar que os profissionais médicos e os cirurgiões pediátricos não são culpados, omissos ou descomprometidos e têm cumprido seus horários de trabalho apesar da demanda enorme de atendimento, das dificuldades extremas e da ausência do pagamento contratado pelo seu trabalho, em nome apenas do compromisso profissional e ético.

Associação de Cirurgia Pediátrica do Rio de Janeiro – CIPERJ

Sobre o Autor

CIPERJ administrator

Desde sua criação, a CIPERJ tem como principal objetivo unir a classe no Estado do Rio de Janeiro, lutando por seus direitos e, principalmente, por condições de trabalho ideais. Além disso, a entidade é responsável pela atualização de seus associados. Para isso, realiza reuniões científicas e divulga cursos e eventos que sejam importantes para o desenvolvimento do profissional.