Artigos

porCIPERJ

Como trocar a dor pela alegria

fonte: O Globo

por Ana Lucia Azevedo

Da hora do parto e da dureza das pistas de corrida surge um caminho para enfrentarmos uma indesejada companheira, a dor. Sem convite ou aviso, a dor, não importa aonde, sempre virá um dia nos atormentar. Mas uma série de novos estudos revela que a mente humana é, de fato, forte o suficiente para sublimar certas dores e esquecer completamente de outras. Lidar melhor com a dor ajuda não apenas aqueles que praticam corrida ou qualquer outra atividade física. LLeia mais

porCIPERJ

Marco Legal da Primeira Infância e os direitos da criança

fonte: Folha de SP

por Ricardo Paes de Barros

O projeto de lei nº 6.998/2013, enviado para votação do Senado, é um marco importante para ampliação de programas voltados para a primeira infância, período de vida que vai da gestação aos 6 anos. Cabe agora aos representantes dos Estados dizerem sim ou não a uma legislação em total consonância com evidências científicas e que muito irá contribuir para quebrar o círculo de perpetuação da desigualdade social.

Um exemplo simples do impacto LLeia mais

porCIPERJ

ARTIGO: Os números que a ANS nao quer mostrar e a relação com o SUS

fonte: SaúdeBusiness

por Ênio Salu *

O último relatório da ANS exibe uma série de demonstrações que, ao meu ver, são tendenciosas porque escondem números que realmente permitiriam analisar a lucratividade das operadoras. Mas mesmo com estes números é possível estabelecer um paralelo entre a receita da saúde suplementar e a do SUS, e o reflexo na sociedade.

Gostaria primeiro de questionar a forma como a ANS analisa a receita das operadoras e o custo que têm em relação aos serviços LLeia mais

porCIPERJ

Os Hucks e o SUS

fonte: Folha de SP | por Cláudia Colluci

Dois fatos me chamaram a atenção no acidente aéreo envolvendo a família Huck: o ódio destilado na internet em relação ao casal de apresentadores globais e uma espécie de “comemoração” pelo fato de terem sido atendidos, primeiramente, no SUS.

Não vou perder tempo falando do ódio porque o melhor a fazer com a pessoa que deseja a desgraça do outro é ignorá-la. Quero me ater à “polêmica” gerada pelo atendimento público LLeia mais